Netflix vai reduzir cenas com cigarros em séries originais após críticas a Stranger Things

A Netflix está sempre atenta a pedidos e reivindicações de seus clientes através das redes sociais. Agora, aparentemente, algumas críticas fizeram a plataforma a se comprometer a reduzir cenas com cigarros em suas séries originais.

Segundo o grupo antitabagista Truth Initiative, diversas séries tiveram um aumento de cenas com fumantes na plataforma. A segunda temporada de Stranger Things teve um aumento de 44% de cenas mostrando pessoas fumando em relação à temporada de estreia, passando de 182 para 262.

Outras séries populares entre pessoas entre 15 e 24 anos também tiveram aumentos em relação ao ano anterior, como a quarta temporada de Unbreakable Kimmy Schmidt (passando de 9 para 292) e a sexta temporada de Orange is the New Black (de 45 para 233).

Após a publicação do estudo, a Netflix declarou que a partir de agora, todas as séries e filmes com classificação indicativa para menores de 14 anos não mostrarão pessoas fumando ou cigarros eletrônicos, exceto por “razões históricas ou factuais” ou caso seja “essencial para a visão criativa do artista ou por ser definidora do personagem.

Em uma nota emitida à Variety, a plataforma declarou:

“Netflix apoia fortemente a expressão artística. Nós também reconhecemos que fumar é prejudicial e quando retratado positivamente nas telas pode influenciar negativamente pessoas jovens.”

Deixe um comentário