Olivia Munn detona Simon Kinberg e Bryan Singer: “Não entendiam de X-Men”

Não é recente que a franquia X-Men foi duramente criticada durante sua passagem dos direitos cinematográficos com a Fox. Filmes como X-Men: O Confronto Final, X-Men: Apocalipse, X-Men: Fênix Negra X-Men Origens foram massacrados pela crítica especializada.

Porém, as críticas nunca tinham vindo dos próprios integrantes da produção. Agora isso mudou. A atriz Olivia Munn comentou sobre sua personagem Psylocke em X-Men: Apocalipse e deu opiniões fortes sobre o diretor Bryan Singer e o roteirista Simon Kinberg.

“Não, porque também me sinto assim. Eu acho que as pessoas não ficariam com raiva se o filme fosse bom. Quando estava fazendo X-Men, fiquei realmente surpresa que o diretor e o escritor não sabiam que Psylocke tinha um irmão gêmeo. E eu tive que falar com eles sobre muitas coisas diferentes a respeito de Psylocke e de outras partes dos X-Men que eles não conheciam. Como fã, isso foi muito frustrante.”, comentou em entrevista a GQ.

O último filme dos X-Men, Fênix Negra foi um fracasso de público e crítica. Curiosamente, ele teve tanto roteiro quanto direção de Simon Kinberg.

Deixe um comentário