Filme da Cruella terá diretor de fotografia de Eu, Tonya

O diretor Craig Gillespie irá revitalizar sua parceria com o diretor de fotografia de Eu, Tonya. O cinematógrafo Nicolas Karakatsanis será o responsável por iluminar as cenas do vindouro Cruella, da Disney.

O filme trará um novo foco sobre a vida pessoal de Cruella de Vil, a clássica vilã da animação 101 Dálmatas. A personagem já foi vivida por Glenn Close nas versões live action da animação lançadas em 1996 e 2000.

A previsão do início das filmagens indica que a produção acontece em setembro, oferecendo um bom cronograma para a finalização da obra que só deve estrear em 23 de dezembro de 2020.

A trama do filme será ambientada na Londres dos anos 80, mostrando como a icônica Cruella, interpretada por Emma Stone, passou a odiar a raça de cachorrinhos dálmatas, assim como formou a parceria com seus capangas.

Deixe um comentário