Chernobyl, da HBO, aumentou turismo na região da catástrofe

Apesar de Chernobyl trazer um retrato fidelíssimo do custo humano da tragédia nuclear de Chernobyl de modo bastante denso e respeitoso, isso não desmotivou curiosos que desbravam o perigo radioativo para conhecer Pripyat e os arredores da Zona de Exclusão.

Segundo a Reuters, uma agência de turismo que faz viagens para Chernobyl relatou um aumento de 40% nas reservas desde que a série estreou em maio com ótimas críticas. As excursões com guias em inglês normalmente custam cerca de US$ 100 por pessoa.

Os passeios são possíveis já que os altos níveis de radiação diminuíram ao longo dos anos. Porém, é permitido ficar apenas algumas horas nos arredores da usina.

O lugar intocado pelo homem há mais de três décadas ainda preserva o visual icônico de uma terra arrasada, pós-apocalíptica, em completo abandono e grande invasão da natureza.

O último episódio de Chernobyl ainda será exibido no Brasil nessa sexta-feira na HBO. A série permanece como a melhor avaliada da História segundo o ranking do IMDb.

Deixe um comentário