Art Spiegelman, criador de Maus é demitido de projeto da Marvel por criticar Maus

Art Spiegelman, o criador do seminal quadrinho Maus, foi retirado do projeto do livro ‘Marvel: The Golden Age 1939-1949’ depois de se recusar a remover suas críticas contra o presidente americano, Donald Trump.

Segundo o The Guardian, Spiegelman foi convidado a escrever a introdução do livro e explorou todo o background político da Marvel, examinando como as histórias da editora foram usadas para lidar com problemas políticos – incluindo o nazismo e fascismo. Ele faz uma pontes o passado e presente e comparou Trump, citando o Caveira Laranja que amedronta a América, referenciando o Caveira Vermelha, vilão do Capitão América, que inclusive é um nazista.

Spiegelman entregou o trabalho no fim de junho, mas um editor da Folio Society disse que a Marvel Comics queria se manter apolítica no caso, pedindo para remover a referência ou isso não seria publicado. Assim, ele optou por ser removido do projeto:

‘Me pediram para alterar ou remover a sentença. Mas quando pediram para matar uma referência sobre o Caveira Laranja, eu percebi que talvez tenha sido irresponsável brincar sobre uma ameaça existencial que estamos vivendo agora e removi minha introdução completamente.’

Deixe um comentário