Notícias Publicado em: 16/10/2019 Às 1:51 AM
Edward Norton responde se Netflix está acabando com o cinema
Vi nos Filmes
Edward Norton responde se Netflix está acabando com o cinema (Reprodução)

A discussão sobre o futuro do cinema vem ganhando novos capítulos todos os dias. Recentemente Steven Spielberg se pronunciou sobre o assunto acusando serviços de streaming, enquanto Martin Scorsese falou que a Marvel estaria ajudando nisso.

» Siga o VINOSFILMES no Facebook e no Instagram para saber todas as notícias! «

Porém, o diretor e ator Edward tem uma opinião contrária, segundo ele o cinema é o principal vilão do cinema.

“São os cinemas que estão destruindo o cinema e sua experiência. Ponto final. Ninguém mais”, disse o astro ao ser entrevistado pelo Daily Beast.

O ator continuou dizendo que o público prefere ir para serviços de streaming, como Amazon Prime e Netflix, porque grande parte das redes de cinema pelo mundo não oferece um serviço que satisfaça esses usuários.

“Muitos cineastas e produtores que eu conheço começaram a investigar e disseram que mais de 60% dos cinemas têm projetores com quase metade da luminosidade que é exigida por contrato. O som é de baixa qualidade. A imagem é sombria. Mas ninguém reclama.”

Norton ainda disse que “Se os cinemas entregassem o que deveriam, as pessoas diriam: ‘Uau, que incrível. Não teria sido bom assim lá em casa.’ Eu gostaria que as pessoas encontrassem os gerentes desses cinemas para pedir seu dinheiro de volta.”

Edward Norton não concorda com as críticas feitas por Steven Spielberg, de que a Netflix estaria matando o cinema, e respondeu dizendo que a plataforma de streaming ajuda mais o cinema que as redes de cinema tradicionais.

“Se há alguém de quem discordo, mas com grande respeito, é de Spielberg. A Netflix investiu mais em Roma do que qualquer outro estúdio teria feito. Eles até colocaram esse filme em preto e branco, em espanhol, em centenas de cinemas em todo o mundo. Não são muitas pessoas que teriam feito isso.”

“Há muita coisa acontecendo por causa da Netflix, mais até do que por causa da vanguarda. Isso representa um período sem precedentes de oportunidades maduras para que mais tipos de histórias e vozes sejam ouvidas, contadas e comemoradas. É incrível, o que está acontecendo”, finalizou o ator.

Brooklyn: Sem Pai nem Mãe, no qual Norton será o protagonista e diretor, estreia em 21 de novembro.

Obrigado por compartilhar. Assine nossas redes: