Notícias Publicado em: 09/10/2019 Às 1:37 PM
Membros da Academia do Oscar comentam sobre Coringa
Matheus Fragata
Membros da Academia do Oscar comentam sobre Coringa (Reprodução)

Há muita expectativa em relação a possibilidade de Coringa conquistar diversas indicações ao Oscar 2020.

» Siga o VINOSFILMES no Facebook e no Instagram para saber todas as notícias! «

Agora, finalmente os membros da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas conferiram a obra e começaram a dar suas opiniões.

Uma mulher que assistiu o filme não economizou elogios para o filme:

“Eu vi o filme ontem a noite com outro integrante da academia, e meu estômago ainda estava revirado nesta manhã. Ele me deixou desconfortável da primeira cena até a última, mas eu pensei que o filme foi extraordinário. eu não li nada sobre ele antes, então eu pensei que estava indo ver algo meio que Batman. É a performance de maior destaque eu já vi nos últimos anos – A maneira que ele se movia, tudo, digo, ele realmente é um ator comprometido, e não tem um único momento que ele não está na câmera também.”

A integrante continuou, comentando sobre as polêmicas do filme e as discussões que surgiram desde antes do seu lançamento:

“O que eu não entendi é qual a razão pra todo mundo estar tão irritado? Apenas pegue seu jornal matinal e veja o c*zão que está comandando nosso país, se você quer se preocupar com violência. Ainda é cedo, mas eu certamente consigo me ver indicando Coringa como Melhor Filme. E ele [Joaquin Phoenix] tem que ser indicado, ou quem vota nos atores não sabe o que está fazendo, concluiu.

Um homem que faz parte da academia, no entanto, não entendeu o motivo pra todo mundo estar tão empolgado:

“Eu achei que faltou um pouco de visão e era exagerado. Esse estilo de desgraça e melancolia ficou entediante. Apenas Michelle Pfeiffer [a Mulher-Gato] e Danny DeVito [o Pinguim] no ‘Batman: O Retorno’ realmente conseguiram equilibrar a escuridão e a luz [dos seus personagens]. Coringa não tinha um ponto de vista nas políticas ou [luta de] classes, e sua representação de doença mental é irresponsável. Joaquin estava tão exagerado que ficou irritante. As escolhas musicais de Todd foram tão forçadas que pareciam ofensivas, se não irônicas. Será que ele não sabia que a música ‘Send in The Clows’ é uma balada romântica sobre arrependimento e não realmente sobre palhaços?”

Coringa está em cartaz nos cinemas.

Obrigado por compartilhar. Assine nossas redes: