Notícias Publicado em: 17/09/2019 Às 3:23 PM
Ancine corta apoio financeiro para divulgação de filmes em 11 festivais internacionais
Matheus Fragata
Ancine corta apoio financeiro para divulgação de filmes em 11 festivais internacionais (Reprodução)

A Ancine (Agência Nacional do Cinema) cortou apoios de verba para financiar divulgações de filmes brasileiros em onze festivais internacionais de prestígio, desfazendo o acordo previsto anteriormente.

» Siga o VINOSFILMES no Facebook e no Instagram para saber todas as notícias! «

Procurado, o órgão informou que “todos os apoios previstos no Programa de Apoio a Festivais Internacionais estão sendo reavaliados, em razão do contingenciamento orçamentário determinado pelo Governo Federal”.

“A divulgação de projetos contemplados no Programa não representa garantia de que eles receberão os recursos, uma vez que o próprio termo de compromisso firmando o apoio condiciona o aporte à disponibilidade orçamentária.”

A Ancine informou ainda que onze festivais foram cortados e que o valor dos apoios varia de acordo com o evento. O G1 solicitou a listagem completa dos filmes e festivais cortados, mas não obteve retorno da Ancine até a última atualização desta reportagem.

Leia o documento integral da nota da Ancine:

“Todos os apoios previstos no Programa de Apoio a Festivais Internacionais estão sendo reavaliados, em razão do contingenciamento orçamentário determinado pelo Governo Federal.

A divulgação de projetos contemplados no Programa não representa garantia de que eles receberão os recursos, uma vez que o próprio termo de compromisso firmando o apoio condiciona o aporte à disponibilidade orçamentária.

Foram cortados 11 festivais. O valor dos apoios varia conforme o festival. No caso do Festival de Cinema Queer de Lisboa, o valor do apoio seria de R$ 4.600,00 por filme contemplado.

O critério foi exclusivamente temporal: foram mantidos os apoios a projetos em festivais já realizados ou em curso.

Diante da realidade orçamentária e fiscal do País, a ANCINE decidiu priorizar o pagamento da contribuição anual do Brasil ao Programa Ibermedia, dada a importância do programa: uma eventual impossibilidade de pagamento da cota brasileira seria prejudicial não apenas aos proponentes brasileiros, como teria impacto sistêmico sobre todo o funcionamento do Ibermedia.

A ANCINE continua disponibilizando recursos para que o Centro Técnico Audiovisual do Ministério da Cidadania – CTAv continue executando os serviços de guarda e conservação das cópias confeccionadas para o Programa de Apoio.”

Obrigado por compartilhar. Assine nossas redes: