Notícias Publicado em: 13/09/2019 Às 3:26 PM
Paulo Gustavo se pronuncia sobre polêmica do beijo gay em “Minha Mãe é Uma Peça 3”
Matheus Fragata
Paulo Gustavo se pronuncia sobre polêmica do beijo gay em “Minha Mãe é Uma Peça 3” (Reprodução)

A franquia Minha Mãe é Uma Peça é uma das mais populares do cinema nacional conseguindo trazer milhões de espectadores às salas de cinema.

» Siga o VINOSFILMES no Facebook e no Instagram para saber todas as notícias! «

Entretanto, o último filme da trilogia, Minha Mãe é Uma Peça 3, encontrou uma polêmica inesperada por conta de um beijo gay que acabou não chegando ao corte final da obra segundo o ator Rodrigo Padalfo em entrevista ao Uol.

Por conta dessa polêmica, o ator protagonista, Paulo Gustavo, decidiu se pronunciar sobre a decisão:

“Gente, algumas pessoas estão questionando nas redes sociais o porquê de não haver uma cena de beijo gay no casamento do “Juliano”, filho da “Dona Hermínia”, no “Minha Mãe É Uma Peça 3”.

Vamos lá. Quando comecei a escrever esse filme eu tinha uma caneta e uma folha em branco e não sabia por onde começar, mas pensei: quero falar sobre CASAMENTO GAY! Esse momento do casamento trata de uma coisa maior: o orgulho que essa mãe sente ao ver o filho seguir o caminho do amor e casando com quem ele ama! Sendo quem ele quer ser! Eu quis botar esse trecho do casamento deles dois pra relembrar o que eu vivi e pra com isso tentar inspirar e transformar outras famílias! Coisa que eu tenho feito todos esses anos em vários trabalhos!

Mas voltando ao filme, Minha mãe é uma peça 3 é sobre como “Dona Hermínia” vai lidar com seus filhos formando novas famílias! O Juliano é um dos filhos e o seu casamento é uma parte do filme! Muito importante, mas que está junto de outras questões que também acontecem na trama. Não é que exista a cena de um casamento, troca de alianças, “até que a morte os separe” e só não há o beijo. Não existe essa cena dentro do filme. Existe um discurso emocionado dos noivos que é interrompido por Dona Hermínia – daquele jeito dela que vocês bem conhecem – para que ela se declare não só para Juliano mas para toda a família. Após esse momento, já estão todos dançando e brindando e celebrando o amor não só dos recém-casados mas da família toda.

Precisamos sim enfrentar e combater essa era raivosa e preconceituosa! Eu entendo esses questionamentos, acho legitimo e importante! Mas eu acho que estão mirando no alvo errado! Não sou ativista, militante, mas sou um ser político! Minha bandeira é minha vida! Sou gay, casado há 6 anos com Thales, meu marido, e somos muito felizes! Agora temos 2 lindos filhos e sou rodeado de amor! E é esse amor que eu quero espalhar pelo mundo!”

O filme estreia em 26 de dezembro de 2019.

Obrigado por compartilhar. Assine nossas redes: