Artigos Por João Quadros | Publicado em 27/08/2019
Leia antes de ver Era Uma Vez… em Hollywood – SEM SPOILERS
João Quadros

Essa é uma crítica sem spoilers do novo filme do Quentin Taratino, Era Uma Vez… em Hollywood. Mas antes, quero falar umas coisas para você que vai ver.

» Siga o VINOSFILMES no Facebook e no Instagram para saber todas as notícias! «

O bom dos filmes do Tarantino é que eles sempre são um acontecimento. Um dos últimos diretores de alcance mundial que faz filmes REALMENTE autorais. Tudo bem que temos todo um movimento de “autorismo” no terror ultimamente, mas ainda assim, não sinto esses filmes com o mesmo nível de “eu vou fazer o que eu quero e que se foda”.

Como todo grande acontecimento, ele é polêmico, gera conflitos, faz pensar. Era uma vez em Hollywood não é diferente, por vários motivos. Tem gente discutindo se é um filme machista ou não, se é racista ou não, se é Tarantino suficiente ou não.

Tudo isso é besteira, então não importa. O importante desse filme é que ele não é para todo mundo. Digo isso, não no sentido pedante, mas no sentido literal. Boa parte do grande público não tem referências suficientes para 100% de aproveitamento nesse filme. E não são poucas que você precisa para tanto.

Tem que saber sobre a morte da Sharon Tate, tem que saber da história dos filmes de Western, tem que conhecer a linguagem do Tarantino, tem que estar por dentro dos cacoetes de gêneros cinematográficos e outras coisitas mais. O diretor passa o filme inteiro brincando com isso e com a expectativa do público. Se você não tem esse background ou não fez uma pesquisa básica antes de ver, vai boiar muito.

Minha dica então é essa: leve referências junto com você pra sala de cinema. Só assim você vai aproveitar e ver que essas polêmicas todas vem de pessoas que viram só 60% do filme.

Agora que você sabe disso, toma um banho, coloca uma roupa confortavel, compra umas guloseimas e vai ver o filme de coração aberto. Não espere um filme cheio de sangue e luta. Espere um ótimo filme, com diálogos fodas e cenas lindamente impecáveis. E, claro, espere ver algo diferente de tudo que você já viu – diferente até mesmo do que o próprio diretor já fez – afinal, é o Tarantino. É isso que ele faz.

Ah, quase esqueci. Tenho que fazer uma crítica do filme.

Aqui vai: bom pra caralho. Pronto. Agora, vai ver, vai.

  • Leia Mais Sobre:
Obrigado por compartilhar. Assine nossas redes: