Entretenimento Publicado em: 02/05/2018 Às 5:24 PM
Quentin Tarantino e outras estrelas cobram produtora The Weinstein Company por dívida milionária
Vi nos Filmes
Quentin Tarantino e outras estrelas cobram produtora The Weinstein Company por dívida milionária (Reprodução)

Após as diversas polêmicas de abuso sexual cometidos pelo sócio-fundador Harvey Weinstein, os ativos da companhia The Weinstein Company, avaliados em cerca de US$ 310 milhões, estão à venda no mercado. Mas, antes de firmar qualquer acordo, a produtora de cinema terá que lidar com exigências de diversas personalidades da indústria, como o diretor Quentin Tarantino que afirma que a empresa lhe deve milhões de dólares de acordos anteriores.

» Siga o VINOSFILMES no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias! «

De acordo com informações do Hollywood Reporter, Tarantino entrou com um processo, exigindo que a Weinstein Co. pague os royalties dos filmes À Prova de Morte, Bastardos Inglórios, Django Livre e Os Oito Odiados – pelos quais pede, respectivamente, US$ 300 mil, US$ 575 mil, US$ 1,25 milhão e US$ 2,5 milhões. Ele ainda exige uma contabilidade atualizada para cada um dos filmes. A companhia nega que existam pendências.

O ator Leonardo DiCaprio contesta por que o comprador não teria que arcar com uma falha no seu contrato por Django Livre, como propõe a produtora aos interessados nas suas propriedades. Já a atriz Jennifer Lawrence defende que não recebeu informações suficientes para avaliar o valor proposto para uma brecha no seu contrato por O Lado Bom da Vida. Por isso, seus advogados pedem para ver os livros da empresa e, assim, analisar a participação dela nos lucros.

A lista de nomes não para por aí. Entre as estrelas que reclamam seus direitos estão Meryl Streep, Brad Pitt, Bill Murray, Julia Roberts, Stephen King, Lin-Manuel Miranda e David O. Russell. Até mesmo o produtor Harvey Weinstein, cujo escândalo de assédio sexual quase levou a empresa à falência, tem suas demandas contra a companhia.

The Weinstein Company, produtora de Harvey Weinstein, negocia acordo e evita falência desde 2017, ano que foi marcado por diversas denúncias, que começaram com acusações contra o produtor Harvey Weinstein. Ele foi demitido de sua empresa e expulso da Academia do Oscar.

Discuta a Notícia aqui no site
Disponibilizamos este espaço para comentários e discussões das notícias e conteúdos apresentados aqui no site. Pedimos que o usuário por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada, e principalmente, saiba respeitar a opinião dos demais. Vamos construir boas discussões, não brigas e confusões. #Pas

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.


Obrigado por compartilhar. Assine nossas redes: